upa-pacima

...que a vida continua!

segunda-feira, março 05, 2007

Acertar relógios!




O Governo peruano mandou tocar ao meio-dia de quinta-feira passada sirenes e sinos. Não que a situação fosse de emergência, mas porque urge acertar relógios e acabar com a falta de pontualidade dos peruanos. Porque a ordem é mesmo “mudar comportamentos”, García Pérez pediu inclusive às empresas e escolas que não tolerem mais a hora peruana, que chega a ser de 60 minutos de atraso.

Nós por cá também deveríamos tentar mudar comportamentos.

Por exemplo, o Metropolitano de Lisboa, que em 2005 foi procurado por 185,4 milhões de passageiros, bem que poderia acertar os relógios da sua rede, que chegam a ter desfasamentos de dois minutos.

Na Gare do Oriente, placa inter-modal da capital, bem que poderiam trocar os relógios que não têm ponteiros e acertar aqueles que estão parados.

Na Rua Augusta o relógio gigante que está no cimo do Arco Triunfal está parado. Situação que se verifica em outros tantos edifícios deste Portugal.

É verdade que eu não sou muito pontual. Mas, desde há algum tempo que tenho feito um esforço para chegar a horas. Tenho conseguido! Aliás, já fui “brindada” com a exclamação “O sr. Dr. ainda não chegou. Mas…ainda faltam alguns minutos para a hora marcada!”

1 Comments:

  • At 6:51 da tarde, Anonymous Fernando Correia de Oliveira said…

    Boa tarde

    em www.fernandocorreiadeoliveira.com poderá ver a comunicação feita no final de maio no arco da rua augusta e referente ao trablho de restauro a que o relógio desse monumento está a ser sujeito.

     

Enviar um comentário

<< Home