upa-pacima

...que a vida continua!

domingo, agosto 27, 2006

Festas&Romarias (continua a Sul)

mês amigues: tou qe nem posso.
Lebei um banho de pobo oje e só tinha tenção d'ir à praia pra ber se as águas sempre são mais questes aqi.
Mas encuntrei lá o povo todo, famílias aos montes, quatro chapéus de sol e três geladeiras a cada magote. E tudo dizia que "está mesmo bom"... Isto foi o que percebi, porque o linguarejar era um qe eu não sei traduzir para português de Portugal, já nem falo do du norte...
E a praia era fina, daquelas da Tróia, onde dizem qinté andou o nosso proimeiromnistro.
Eu bem que fui à cata dele, a ber se o bia, ou aquetes do jetsete, mas nada... só mulherio e grandes panças, crianças bem nutridas e muita bezarria..."Carina, anda práqui", "rapaz não bás à água agora", e aquela palavra cuns amigos meus me disseram ser normal por aquelas bandas, "cabrão do moço", "cabrões dum raio", e "vai prá c.... da tia" - embora esta também se diga lá na minha terra.
Inté fiquei zonza com a berraria - mas agora é assim: fizeram-se umas autoestradas a atrabessar portugal e o pobo d'elbas ou de badajoz ou doutros montes assim, binga-se na tróia e até leba pra casa daqueles baldes de banha tipo industrial cheio de lambejinhas... E eu a bê-los a acartar aquilo lá pró monte.
Inbeja, sim, imbeja é o qe eu tenho, eu sei.

1 Comments:

  • At 11:23 da manhã, Blogger elíptico said…

    Ahhhh! Que saudades eu vou ter do Verão! Dos "emis" que vêm do outro lado, da Europa desenvolvida; dos brazucas de havaiana pendurados em geleiras atafulhadas de bolas de berlim (e que fazem magníficas construções na areia - eu vi, com estes olhinhos!); dos parques de estacionamento engalfinhados e da torreira de voltar a entrar no carro, depois de três horas a derreter ao sol. "Vaiam-se", "zapareçam" dos nossos olhos! Chegue o inverno, depressa!

     

Enviar um comentário

<< Home