upa-pacima

...que a vida continua!

sexta-feira, agosto 25, 2006

Muuuuuuu ou será mããããããã??????


Nas minhas memórias de crianças “habitam” ovelhas, cabras, porcos, perus, galinhas e patos (a quem eu adorava arrancar as penas - ok, pode ser bárbaro, mas eu era criança!), e muitos outros animais com as devidas famílias. As vacas e respectivos “maridos” também constam dessa minha lista.
Todos não passaria de memórias se não fosse a notícia que dá conta de que as vacas mugem com sotaque. Diz a dita que “uma empresa de queijos britânica questionou um especialista em fonética sobre se seria possível que as vacas mugissem com uma entoação regional, tal como os seus criadores têm um discurso temperado pelo sotaque da zona em que vivem”.
Pode ser uma grande descoberta para os ingleses, mas para os portugueses é sabido que as vacas (e bois) mugem de forma diferente quando querem comer, quando estão a parir, ou quando estão no campo. Será a isto que os ingleses chama sotaque?
Se for… há muito que os portugueses criadores de gado bovino perderam a hipótese de fazerem manchetes e serem notícia por esse mundo fora. Será que é por estas e por outras que somos dos menos produtivos da Europa?

1 Comments:

  • At 10:13 da tarde, Blogger Patanisca said…

    oh pétala... Eu sei que os ingleses estão a vender isto como uma grande descoberta, mas o sotaque é diferente de bicho para bicho (literalmente) e não apenas quando têm fome, quando querem acasalar ou quando estão a fazer outra coisa qualquer... E se tu conviveste com tnatos bichos na infância deves saber isso mesmo, ou não?
    Da mesma forma que não há gatos com o mesmo miar... parece-me super lógico.

     

Enviar um comentário

<< Home