upa-pacima

...que a vida continua!

quarta-feira, novembro 08, 2006

Venda matinal

A correr, a caminho da estação de comboios, lá estava a mesma senhora de sempre com meia dúzia de coisas na mão. Apenas ouvi o seu "grito de guerra":
"Olha a cola, pensos, pomada para as dores".